sábado, 20 de novembro de 2010

Malditas memórias
Passado de minha história
Malditos sorrisos, perdidos
Maldita beleza
De alegria e tristeza
Malditos olhares demorados
Somente a contemplar
Apaixonados

Malditas lembranças
Maldita noite de dança
Malditos cabelos em trança
Uma rede que balança
Numa noite quase perdida
Inacabada
Numa noite de despedida
Para sempre acabada

Maldito e doce beijo
Maldito e doce passado
Que eu ainda desejo

Um comentário: