segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Sofista

Numa manhã de Sol, sentado na varanda
Observando seu brilho dourado no dia,
Eu filosofo

Filosofo em seus loucos cabelos loiros
E em sua luz irradiando beleza
Filosofo na silhueta esguia
Nas longas e belas pernas
E no seu perfil perfeito que perfaz
O meu amor à sabedoria

Filosofo seu riso artístico
Sua pura beleza manchada de cores
Filosofo quando em minhas palavras
Eu sofismo o seu nome
Nessa minha filosofia falaciosa
Na minha mais pura filantropia
Pois apesar de eu sim filosofar
Também não é assim o meu philo por você,
Sofia

***

Parabéns, Sofi!
"se 'filosofar' significa 'amar a uma Sofia', eu admito: sou filosofo!"